top of page
  • Foto do escritorAndrews Lucena

O Nordeste está transformando o humor brasileiro!

O nordeste brasileiro sempre foi uma terra fértil. Para além dos produtos naturais que são produzidos nessa região do Brasil, esse sempre foi um lugar de artistas talentosos, carismáticos e com muita originalidade.

Humorista Emerson Ceará (@cearaemerson)

Temos poetas, musicistas, atores, artesãos, humoristas e diversos outros profissionais nordestinos que transformaram o cenário nacional com suas expressões artísticas. Mas a verdade também não pode deixar de ser dita, ainda existem barreiras que esses artistas enfrentam até hoje devido a distância que estão dos pólos midiáticos e de entretenimento e a falta de patrocínios que incentivem esse trabalho. É por isso que a internet vem gerando uma grande revolução no mercado de humor, agora profissionais que antes não tinham espaço, não estão apenas conquistando seu lugar, mas sim construindo suas próprias oportunidades. É nesse contexto que encontramos nomes cada vez maiores na comédia que cresceram através das redes sociais, é analisando esses acontecimentos que podemos traçar as estratégias certas para abrir cada vez mais espaço para novos talentos nordestinos.



O humor e o nordeste andam lado a lado


O humor sempre foi uma válvula de escape para os nordestinos. Apesar de sempre ser importante fugir dos estereótipos atrelados às vivências nordestinas, não podemos negar que em nossa história sempre existiu muita luta, batalha e busca por uma vida melhor. Se é da dor que se expressa a arte, não seria diferente com a comédia.


Desde o princípio a ironia, o deboche, a contradição, a sátira e o sarcasmo foram características evidentes na maneira de se construir humor no nordeste. Isso acontece porque em muitos fatos históricos nordestinos esses elementos estão presentes, como por exemplo na vida de Lampião, um dos maiores assassinos já vistos no Brasil, ser simultaneamente, um católico fervoroso. Esta é uma peculiaridade que faz parte da nossa história.


E não se resume a isso, o humor nordestino tem a sagacidade e uma pitada de loucura que não se encontra em outra região do país, é o nosso tempero diferenciado. A “ignorância” também é uma característica evidente, mas isso não significa burrice, muito pelo contrário, é o tom rude que surge na abominação pela superficialidade, o pavor pela estupidez, é nesse sentido que personalidades como “Seu Lunga” são populares até hoje.


Foi neste berço peculiar que nasceram humoristas populares em todo o Brasil. Estamos falando de nomes como Chico Anysio, Tom Cavalcante, Zé Lezin, Tiririca, Renato Aragão e tantos outros que abriram portas e transformaram o mercado de humor nacional, fazendo o país olhar para essa profissão com novos olhos.

Se é da dor que se expressa a arte, não seria diferente com a comédia.

As barreiras que ainda existem


É indiscutível que os artistas nordestinos de humor que brilharam nos grandes holofotes midiáticos nas décadas passadas abriram caminhos para novos talentos, mas isso não significa que ainda não existam problemas.


A barreira mais evidente nesse cenário é a falta de diversidade negra e feminina, quando acoplados a regionalidade nordestina, esse problema fica ainda pior. Apesar da consagração desses homens que mudaram a forma como o humor nordestino era visto no Brasil, é interessante perceber que isso aconteceu há anos atrás e muitas estruturas não foram derrubadas, na verdade elas ainda permanecem dificultando a realidade para humoristas da nossa região.


Outro principal obstáculo é a concentração de oportunidades na região sudeste. Em um país tão grande como o nosso, construir uma carreira sólida, reconhecida nacionalmente e bem remunerada é uma situação que se torna mais viável quando se está num polo midiático. Esses polos se concentram em São Paulo e no Rio de Janeiro, duas cidades que estão a quilômetros de distância do território nordestino.


O interessante é como a internet e a globalização vem transformando esse contexto para talentos nordestinos. Graças às possibilidades das redes sociais muitas dessas barreiras estão caindo e as marcas já começaram a olhar para além da região sudeste. Tudo isso fica ainda mais possível com a notável ascensão de artistas nordestinos nesses espaços virtuais.



Novas perspectivas geram impactos diferenciados


O nordestino compreende que o mundo é imenso e nós podemos ser tão grandes quanto ele. Crescer no território nordestino proporciona a capacidade de ter uma visão de vida diferenciada. Obviamente todas as pessoas no mundo terão perspectivas baseadas nas suas próprias realidades e é justamente isso que trás o diferencial para artistas da nossa região.


Uma criadora de conteúdo, atriz e jornalista, que usa o humor como prova, é a Ademara Barros. A pernambucana fez sucesso nacionalmente na internet criando paródias de como pessoas da região sudeste e sul do país tem uma visão estereotipada do nordestino. Esse é o tipo de humor inteligente que tem um compromisso para além da risada, ele faz refletir e levanta questionamentos importantes, provando a característica política no humor.


Admara Barros (@ademaravilha)

Todos esses artistas e formatos diferenciados de fazer humor comprova a capacidade do nordestino em gerar impactos relevantes quando existem oportunidades. Para todos esses criadores foi através das redes sociais que eles encontraram a chance que não tiveram por vias mais tradicionais e fizeram e continuam fazendo história em todo o país e fora dele.

Graças às possibilidades das redes sociais muitas dessas barreiras estão caindo e as marcas já começaram a olhar para além da região sudeste.

Mas se você perguntar a todos eles se foi fácil fazer essa travessia, por ter certeza, todos te responderão que não. É necessário ter comprometimento e entender que a criação de conteúdo precisa fazer parte da sua rotina, ela é fundamental para o sucesso do seu trabalho. Nossa equipe pode encurtar caminhos, direcionar alternativas e possibilitar resultados, você só precisa confiar. Entre em contato conosco e tenha uma mentoria gratuita!




Comments


bottom of page